Notícias

OAB manifesta preocupação com possível precarização da Justiça do Trabalho

13/06/2017 10h09 - Atualizado em 13/06/2017 10h26

O presidente da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins), Walter Ohofugi, mostrou preocupação com a intenção do TRT 10ª Região (Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região) de transferir a vara de Guaraí para Palmas. Para ele, as mudanças não podem ser para precarizar o atendimento da jurisdição no Norte do Estado.

Tendo em vista a importância do assunto, a OAB-TO criou uma comissão, a cargo de Ludimylla Melo para acompanhar o processo administrativo interno da Justiça do Trabalho em detalhes.

“A criação da 3ª Vara da Justiça do Trabalho em Palmas é imprescindível e já tarda, mas precisamos avaliar com muito cuidado a proposta de extinção de varas no interior do Estado. A jurisdição deve ocorrer em sua plenitude, até com prejuízo de outras despesas de custeio. Não se cobre um santo, descobrindo outro”, destacou Ohofugi, ao lembrar que, a exceção de Araguaína, Guaraí, Gurupi e Dianópolis o interior não possui varas especializadas da Justiça do Trabalho.