Notícias

Com 10,36% de abstenção no TO, Exame da Ordem não registra ocorrências

06/08/2018 16h19 - Atualizado em 08/08/2018 13h11
Créditos: Divulgação
Verificação de provas durante o Exame da Ordem

A comissão de Seleção e Exame da Ordem da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) e a FGV (fundação Getúlio Vargas) aplicaram, neste domingo, a prova objetiva da 1ª fase do XXVI Exame da Ordem Unificado. A prova, como é de praxe, foi realizada em todo o Brasil.

No Tocantins, não houve qualquer registro de ocorrência e os bacharéis em Direito puderam fazer o exame sem qualquer problema nas três cidades aonde haviam provas: Palmas, Araguaína e Gurupi. Dos 1.429 inscritos, 1.282 compareceram. A abstenção, portanto, ficou em 148 pessoas, o que representa 10,36%.
“Mais uma vez, aplicação da prova foi um sucesso absoluto. Quero agradecer aos colegas de comissão que sempre ajudam nos trabalhos e não descansam até tudo sair como planejado”, destacou a presidente da comissão Elisângela Mesquita.

O gabarito da prova já pode ser consultado e está disponível clicando aqui.