Notícias

Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais repudia ato do Carrefour

04/12/2018 21h56 - Atualizado em 06/12/2018 15h24

A Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Tocantins (OAB/TO), repudia o ocorrido em uma das unidades da Rede de Hipermercados Carrefour, onde um cachorro foi morto por envenenamento e espancamento , conforme informações divulgadas na imprensa e nas redes sociais. Pugnamos pela apuração dos fatos e a responsabilização dos envolvidos, com a certeza da concretização da justiça.

Enfatizamos que os maus tratos aos animais é crime tipificado no artigo 32 da Lei n° 9.605/98 com pena de detenção de três meses a um ano, e multa. Nos solidarizamos com os protestos e lutamos para que os animais sejam reconhecidos como sujeitos de direitos. Nos disponibilizamos para auxiliar nas investigações e no possível processo, para que os responsáveis e seus mandantes sejam punidos em conformidade com este ato monstruoso.

Luana Bergamin de Oliveira

Presidente da Comissão
de Proteção e Defesa dos Direitos
dos Animais da OAB-TO