Notícias

Gedeon Pitaluga recebe visita de presidente do Sindepol Mozart Felix

10/01/2019 17h48 - Atualizado em 14/01/2019 14h51

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Tocantins, Gedeon Pitaluga, recebeu na tarde desta quinta-feira (10) a visita do presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Tocantins (Sindepol) Mozart Felix. A visita, segundo o delegado, teve a intenção de estreitar as relações entre as duas instituições. Durante a reunião, também foi discutido o episódio ocorrido na manhã desta quinta-feira entre advogados e delegados.
Ainda pela manhã, a Procuradoria de Prerrogativas da OAB foi acionada pelos advogados que noticiaram terem sido impedidos de acompanharem seu cliente durante depoimento.
O presidente da OAB Gedeon Pitaluga disse que a instituição atuará em defesa do exercício da profissão e combaterá a tentativa de criminalização do exercício da advocacia. Pitaluga foi enfático em destacar que a defesa das prerrogativas da advocacia é primordial para a Ordem e solicitou que o caso seja acompanhado pela Procuradoria de Prerrogativas da OAB e que sejam tomadas as providências administrativas, correcionais e judiciais devidas.
“Agradeço a visita do presidente do Sindepol Dr. Mozart Felix. Tenho o maior respeito pelo papel dos Delegados de Polícia do Estado do Tocantins e precisamos fortalecer as instituições que representamos para a preservação do Estado Democratico de Direito. E esse fortalecimento institucional vem com o respeito da atuação profissional das categorias reciprocamente. Pensando nisso, a Ordem cumprirá seu papel de defender de maneira contundente as prerrogativas dos advogados sempre que houver violação desse direito. Sobre o caso específico, a Procuradoria de Prerrogativas da OAB tomará todas as medidas cabíveis”, acrescentou Gedeon Pitaluga.