Advogada é eleita ao cargo de vice-presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do Tocantins

Maria Lúcia Soares Viana será vice-presidente do CEDDH e a representante da OAB/TO na instituição

Por Ascom

Publicada em: 21/01/2021 - 10h 42min

Ascom
Ascom

A advogada Maria Lúcia Soares Viana será a representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins no Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos (CEDDH/TO) no biênio 2020-2021. Maria Lúcia foi eleita vice-presidente do CEDDH/TO. A cerimônia de posse ocorreu nesta semana em evento realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju). 

“Pretendo contribuir para a defesa de direitos historicamente conquistados e também para a promoção de novos direitos e o farei na qualidade de representante  de uma Instituição que sempre esteve ao lado daqueles que fizeram e fazem a luta por direitos e continuará a fazê-la, especialmente em tempos que se nos apresentam de muito retrocesso. Dessa forma, pretendo trabalhar, em nome da OAB, para a solução de graves problemas que afetam diretamente a dignidade de pessoas diversas no Tocantins e, assim, garantir que os direitos humanos sejam efetivados para a geração atual e as gerações futuras”, afirmou a vice-presidente do CEDDH/TO, Maria Lúcia Soares Viana.


Conselho deliberativo

O CEDDH é um órgão de caráter permanente e deliberativo, composto por membros representantes do Poder Executivo, da sociedade civil e de entidades não-governamentais ligadas aos Direitos Humanos.  É vinculado à Secretaria da Cidadania e Justiça, pela Lei vigente nº 1.946, de 4 de julho de 2008, com a finalidade de elaborar, coordenar e fiscalizar a política estadual de direitos humanos.