Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > NOTÍCIAS > OAB/TO solicita melhores condições de atendimento em agências do INSS à advocacia
Início do conteúdo da página
NOTÍCIAS

OAB/TO solicita melhores condições de atendimento em agências do INSS à advocacia

  • Escrito por Patrícia Laurindo de Paiva
  • Criado: Quarta, 11 Mai 2022 19:01
  • Publicado: Quarta, 11 Mai 2022 19:01
  • Última Atualização: Sexta, 13 Mai 2022 09:52
imagem sem descrição.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Tocantins, por meio da Comissão de Direito Previdenciário, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 11, no INSS em Palmas, solicitou melhorias no atendimento aos advogados e advogadas previdenciários(as) pelo INSS. Uma das pautas foi a solicitação dos atendimentos da advocacia sem agendamento.
De acordo com o advogado, Álvaro Matos, no interior algumas agências do INSS estão fechadas, outras atendem por agendamento, dificultando o trabalho da advocacia que atua fora da capital. “Solicitamos a ampliação do SAG que é sistema que temos dentro do INSS. Sugerimos ainda que fossem colocados estagiários nas agências para que o atendimento fosse melhorado.
O presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, ressaltou que é prerrogativa do advogado ter condições adequadas no desempenho da sua profissão, sobretudo em ações de natureza emergencial e envolvendo clientes em condições de vulnerabilidade como aquelas relacionadas ao direito previdenciario. “A OABTO tem cobrado e disposto a colaborar da forma que seja possível por melhores condições e acessos aos advogados e advogadas que atuam no direito previdenciário, na capital e no interior”, ressaltou.
“Estamos buscando alternativas para facilitar a atuação da advocacia previdenciária, em especial, a do interior, cobrando a eficiência do canal remoto, bem como a extensão de serviços na plataforma digital do Advogado”, informou a diretora nacional da Comissão de Direito Previdenciário do Conselho Federal, Ariane De Paula Martins.

registrado em:
Fim do conteúdo da página