OAB/TO apresenta sugestões a Ministro Corregedor do CNJ

Via ASCOM OAB/TO

Por Dani Braga

Publicada em: 13/02/2020 - 14h 51min

Dani Braga
Dani Braga

OAB/TO apresenta sugestões a Ministro Corregedor do CNJ


O procurador de prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins, Paulo Roberto Oliveira, e o secretário-geral da Subseção da OAB de Araguaína, Davi Santos Morais, realizaram visita de trabalho ao Ministro do Superior Tribunal de Justiça e Corregedor do Conselho Nacional de Justiça, Humberto Martins. 

Os dirigentes da OAB/TO levaram as sugestões e reclamações da advocacia tocantinense coletadas durante a inspeção do CNJ no Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A Inspeção foi realizada entre os dias 04 e 07 de fevereiro. 

Entre as principais proposições defendidas pela advocacia está a subdivisão do TRF da 1ª Região, que atualmente abrange 14 Estados da brasileiros. 

 “Estados maiores como Minas Gerais e Bahia atravancam o celeridade do trabalho do tribunal pela grande demanda de processos. Essa morosidade é o grande entrave que a advocacia tocantinense vê hoje em relação ao TRF1. Acreditamos que mudar essa realidade exige a subdivisão do tribunal”, defendeu Oliveira.

A advocacia do centro norte do Estado também levou suas demandas a reunião no TRF1.

“Apresentamos as demandas da advocacia de Araguaína e região, destacando a necessidade de padronizar os critérios de admissão de recursos aos tribunais superiores, de forma que a advocacia dos grandes centros urbanos não seja favorecida em detrimento dos advogados do interior, eis que as teses recursais em sua grande maioria são idênticas, impossibilitando assim o acesso e Justiça”, disse Morais.